ZAP sinaliza movimento de recuperação do mercado imobiliário

O mercado imobiliário está iniciando um movimento de recuperação. Segundo Eduardo Schaeffer, CEO do ZAP, a demanda por imóveis, seja para comprar ou alugar, está reprimida e, com as perspectivas positivas para o mercado, a tendência é que esse represamento gere aquecimento intenso do mercado. “A grande questão é exatamente saber quando isso vai ocorrer, já que dependemos de fatores políticos e macroeconômicos. Porém, sem dúvida, vemos o mercado pendendo para a retomada dos investimentos e, quando o ritmo acelerar, será um movimento de alta intensidade”, analisou o CEO.

De acordo com o último Raio-X FipeZAP, que consiste em uma pesquisa de mercado, foi identificado que as transações com descontos passaram de 75,5%, em junho de 2016, para 72% um ano depois. E, no mesmo período, os descontos caíram de 9,4% para 8%. Segundo a pesquisa, a diminuição ocorreu porque os preços anunciados dos imóveis também caíram – demonstrando a intenção do mercado de realizar negócios.

 

 

“Outro fator decisivo para a retomada do mercado é o financiamento bancário. Com a sinalização de que as instituições estão propensas a conceder crédito novamente, as expectativas são muito positivas. Hoje, apenas 9,8% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil é destinado a financiamentos imobiliários. Na Europa, essa relação é de 23%; nos EUA de 60%”, ressaltou o CEO.

Fonte: Portal ZAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *